logo

Notícia

29 de Maio de 2018 às 06:46


Matões, assim como toda região sente os reflexos da greve dos caminhoneiros.

Da Redação/Maranhão em Pauta

Com quase 10 dias de greve, Matão já sente os efeitos da paralização dos caminhoneiros. Todos os postos de combustíveis da cidade estão parados sem nenhuma espécie de combustível para abastecimento.

Em conversa com um dos postos da cidade nos foi relatado que o seu caminha tanque encontra-se na capital carregado e esperando o fim da paralização para poder seguir viagem.

Em outro posto percebemos que os dois caminhões pipa encontram-se parados em frente ao posto aguardando o fim da paralização para retomar as atividades.

Estivemos também conversando com os fornecedores de gás de cozinha e nos principais postos de atendimento da cidade o produto já está esgotado.

Sobre os transportes públicos ficamos sabendo que os veículos do município tanto da educação quanto da saúde ainda possuem combustível pelos menos para esta semana e somente para os serviços de urgência e emergência.

As obras de recuperação de ruas e estradas também estão dependendo do fim da greve para que possam ser retomadas suas atividades normais, assim também como os serviços de limpeza urbana.

Em nossa região já falam que Caxias, Parnarama e Timon já não possuem mais postos com combustível para abastecimento de veículos e a cidade de Teresina-PI está sendo a ultima solução para todos e enormes filas estão se formando nos postos que ainda não esgotaram seus estoques.

Por Mairan Macedo/0001578-MA